object(WP_Post)#9567 (24) { ["ID"]=> int(40346) ["post_author"]=> string(1) "1" ["post_date"]=> string(19) "2024-05-23 09:20:08" ["post_date_gmt"]=> string(19) "2024-05-23 12:20:08" ["post_content"]=> string(5226) "

As coisas são como são e é uma escolha interna decidir habitar o espaço do ordinário ou do extraordinário de cada agora” - Ana Mi

feat. @isabellaarrudagalvao

Quando li essa frase pela primeira vez, ela me tocou profundamente. Talvez porque ainda conseguia sentir a força da AnaMi por trás dela, que com apenas 30 anos aprendeu a Viver (com V maiúsculo mesmo) após ter recebido a notícia de que iria morrer, pois seu câncer era irreversível.

É possível, inclusive, que tenha vivido mais do que muitos de nós, que desperdiçamos a vida como se fossemos durar para sempre - embora o tempo continue a passar para todos e não saibamos o dia de amanhã.

Memento mori” é uma expressão latina que significa “lembre-se de que é mortal” e era também uma máxima estóica. Ao contrário do que pode parecer, a morte não era vista como algo fúnebre ou temível e sim como uma conselheira, que nos ajuda a colocar os pés no chão e valorizar o que de fato importa.

Por exemplo, quando um general retornava, vitorioso em batalha, segurava-se uma coroa de louros sobre a cabeça dele e repetia-se: “memento mori”. Em outras palavras, nem o sucesso e nem o fracasso deveriam tirar você de si, pois tudo passa. No final das contas, somos todos mortais.

E é porque somos mortais, que a vida se torna tão especial. Nenhum momento é igual ao outro, nenhum dia se repete exatamente da mesma forma, e todos, absolutamente todos, são especiais e devem ser vividos de forma intensamente presente.

Eu sei, não é fácil viver sempre dessa forma. Às vezes, parece que atravessamos um túnel escuro, no qual nunca vemos a saída do outro lado.

Pode ser que estejamos frustrados, cansados de tentar e nunca conseguir, que já tenhamos perdido a esperança. Seja qual for a situação, este sábio ensinamento de Epíteto sempre me ajuda: o que nos faz sofrer não é o fato em si e sim a nossa visão sobre ele.

Certa vez, ouvi uma história que dizia o seguinte: um senhor recebeu uma bolsa de ouro na porta de sua casa. Todos os vizinhos lhe diziam: “Como o senhor tem sorte, é realmente incrível que isso tenha acontecido”.

O senhor, por sua vez, respondia: “Não sei se é bom ou se é ruim, veremos”. A notícia do ouro se espalhou e ladrões invadiram a casa do senhor em busca do ouro, roubando todos os bens que ele tinha, inclusive o ouro e todas as suas economias.

Novamente todos diziam: “Que terrível, é realmente uma tristeza”. E o senhor respondia, “Não sei ainda se é bom ou ruim, veremos”. Os ladrões foram capturados e o senhor recuperou o dinheiro e todos os seus bens, além de receber uma boa indenização pelo ocorrido, o que garantiu com que ele se aposentasse com tranquilidade.

E por aí vai a história, o senhor nunca fazia um juízo de valor imediato sobre o que lhe acontecia. Às vezes, por termos uma visão apenas de um recorte da vida, não vemos sentido no que nos ocorre. É preciso confiar no processo e seguir adiante, valorizando cada momento de vida. E vida é dor e prazer, alegria e tristeza, o que der e o que vier.

As coisas são como são e habitar o espaço do extraordinário ao invés do ordinário é uma escolha, principalmente porque esta pode ser nossa última chance.

— Isabella Galvão
" ["post_title"]=> string(116) "“Nunca parece ser a hora certa de viver a totalidade. De abrir o coração e desejar profundamente estar presente." ["post_excerpt"]=> string(0) "" ["post_status"]=> string(7) "publish" ["comment_status"]=> string(6) "closed" ["ping_status"]=> string(6) "closed" ["post_password"]=> string(0) "" ["post_name"]=> string(189) "nunca-parece-ser-a-hora-certa-de-viver-a-totalidade-de-abrir-o-coracao-e-desejar-profundamente-estar-presente-as-coisas-sao-como-sao-e-e-uma-escolha-interna-decidir-habitar-o-espaco-do-ordi" ["to_ping"]=> string(0) "" ["pinged"]=> string(0) "" ["post_modified"]=> string(19) "2024-05-23 09:21:51" ["post_modified_gmt"]=> string(19) "2024-05-23 12:21:51" ["post_content_filtered"]=> string(0) "" ["post_parent"]=> int(0) ["guid"]=> string(44) "https://thenews.waffle.com.br/sem-categoria/" ["menu_order"]=> int(0) ["post_type"]=> string(4) "post" ["post_mime_type"]=> string(0) "" ["comment_count"]=> string(1) "0" ["filter"]=> string(3) "raw" }