object(WP_Post)#9601 (24) { ["ID"]=> int(37018) ["post_author"]=> string(1) "1" ["post_date"]=> string(19) "2024-04-22 09:27:52" ["post_date_gmt"]=> string(19) "2024-04-22 12:27:52" ["post_content"]=> string(4563) "

“Ain, mas eu tenho medo de vacina”; “Ain, mas eu não gosto de tirar sangue!”, “Ain, mas quando eu tomo antibiótico não posso beber!”

Acredite se quiser: Você nasceu na melhor geração possível. Algum tempo atrás, as coisas eram muito piores.

Pensando nisso, decidimos trazer 4 “histórias de plantão” da Medicina Antiga.

Família de Lesmas 🐌

Em Londres, no ano de 1859, Sarah Ann, que tinha apenas 12 anos se queixou de fortes dores no estômago após ingerir alface. Conforme as dores aumentavam, a garota vomitou sete lesmas (vivas!).

Após ser atendida no hospital, o médico chegou à conclusão de que a garota teria comido uma família inteira de lesmas, que se multiplicou em seu organismo.

Pombo no ânus 🕊️

Karl Friedrich Constatt foi um médico alemão que ficou famoso pelos seus métodos terapêuticos nada convencionais.

🩺 Ele defendia que — para tratar convulsões em crianças — bastava segurar uma parte do corpo de um pombo dentro do ânus do paciente.

Assim, o animal morreria na mesma rapidez que o ataque cessaria.

E, sim, botaram isso em prática: O médico providenciou uma pomba, que foi introduzida no ânus de uma criança em crise convulsiva.

Acredite se quiser: Após a ave vomitar e morrer sufocada, o paciente se recuperou.

Faca: Uma nova iguaria 🔪

Em 1799, o marinheiro John Cummings decidiu que conseguiria engolir facas.

Após ingerir uma quantidade obscena de álcool, John realizou o que ninguém achava ser possível.

Aproximadamente 6 anos depois, engoliu o objeto novamente. Mas dessa vez sentiu algo… diferente.

Esse “algo diferente” se intensificou ao longo do anos. Em 1809, Cummings faleceu. Na autópsia, foram achadas 30 facas em seu organismo. Uma delas perfurou o seu intestino.

Dentes explosivos 🦷💣

Entre o século XVIII e XIV, um homem começou a sentir fortes dores de dente. Ao mesmo tempo, percebeu-se que o indivíduo ficava cada vez mais agressivo.

Pouco tempo depois, escutou-se um estrondo agudo e imediatamente um alívio em sua dor. Seus dentes haviam se explodido em pedaços.

Algumas teorias relacionadas ao uso de produtos químicos para o tratamento de cáries foram consideradas. No entanto, nenhuma explicação comprovou o ocorrido, que segue um mistério até os dias atuais.

" ["post_title"]=> string(64) "Para os que têm estômago: 4 Casos chocantes da Medicina Antiga" ["post_excerpt"]=> string(0) "" ["post_status"]=> string(7) "publish" ["comment_status"]=> string(6) "closed" ["ping_status"]=> string(6) "closed" ["post_password"]=> string(0) "" ["post_name"]=> string(61) "para-os-que-tem-estomago-4-casos-chocantes-da-medicina-antiga" ["to_ping"]=> string(0) "" ["pinged"]=> string(0) "" ["post_modified"]=> string(19) "2024-04-22 09:28:04" ["post_modified_gmt"]=> string(19) "2024-04-22 12:28:04" ["post_content_filtered"]=> string(0) "" ["post_parent"]=> int(0) ["guid"]=> string(44) "https://thenews.waffle.com.br/sem-categoria/" ["menu_order"]=> int(0) ["post_type"]=> string(4) "post" ["post_mime_type"]=> string(0) "" ["comment_count"]=> string(1) "0" ["filter"]=> string(3) "raw" }