object(WP_Post)#9586 (24) { ["ID"]=> int(37804) ["post_author"]=> string(1) "1" ["post_date"]=> string(19) "2024-04-29 11:46:24" ["post_date_gmt"]=> string(19) "2024-04-29 14:46:24" ["post_content"]=> string(3906) "

Teve gente trabalhando ontem à noite na Faria Lima. A varejista Casas Bahia anunciou que está entrando em Recuperação Extrajudicial (RE) para reestruturar sua dívida de R$ 4,1 bilhões.

A empresa — e todo o varejo brasileiro — vem enfrentando um cenário econômico desafiador, com o consumo das famílias sendo afetado pela inflação.

Acontece que, no caso deles, R$ 1,5 bilhão de dívidas estavam para vencer já neste ano, o que poderia tornar a existência do business inviável. Com a Recuperação Extrajudicial, o primeiro pagamento da dívida será apenas em 2026, quando terá que pagar “apenas” R$ 250 milhões.

O movimento gera fôlego para a operação e não interfere no dia a dia da empresa, que pode continuar vendendo seus produtos e fazendo o negócio girar nas mais de 1.700 lojas.

Uma curiosidade: Os credores da Casas Bahia poderão converter parte da sua dívida em participação acionária na empresa, algo não muito comum no mercado. Leia mais detalhes sobre o caso aqui.

" ["post_title"]=> string(48) "Casas Bahia entra em Recuperação Extrajudicial" ["post_excerpt"]=> string(0) "" ["post_status"]=> string(7) "publish" ["comment_status"]=> string(6) "closed" ["ping_status"]=> string(6) "closed" ["post_password"]=> string(0) "" ["post_name"]=> string(46) "casas-bahia-entra-em-recuperacao-extrajudicial" ["to_ping"]=> string(0) "" ["pinged"]=> string(0) "" ["post_modified"]=> string(19) "2024-04-29 11:46:26" ["post_modified_gmt"]=> string(19) "2024-04-29 14:46:26" ["post_content_filtered"]=> string(0) "" ["post_parent"]=> int(0) ["guid"]=> string(44) "https://thenews.waffle.com.br/sem-categoria/" ["menu_order"]=> int(0) ["post_type"]=> string(4) "post" ["post_mime_type"]=> string(0) "" ["comment_count"]=> string(1) "0" ["filter"]=> string(3) "raw" }